Archive for the ‘adsl’ Category

Montar Um Provedor De Internet

April 26th, 2012

Apesar de ser relativamente fácil montar um provedor de internet, esse processo acaba sendo um pouco caro. Para começar deverá comprar um link através de vários serviços de internet como a Telefónica ou a Embratel. O seu custo deverá depender da operadora e da região em que mora. Por serem links mais robustos com boa velocidade, o seu valor é mais elevado. Por outro lado, também pode utilizar um CableModem da Speedy, por exemplo, ou um ADSL. A desvantagem é que o utilizador fica com um link não tão robusto mas o custo é bastante mais acessível. A última alternativa é comprar um provedor já com um link grande mas isso só deve ser feito com uma pessoa de confiança pois por ter menos qualidade o seu negócio vai sofrer quando o cliente reclamar do serviço.

Depois de conseguir seu link, deve verificar se os pontos estão visíveis e são diretos para os pontos remotos. O melhor mesmo é ser uma torre alta, de preferência um condomínio pois assim poderia utilizar os LAN. O passo seguinte é calcular o número de clientes e o número ideal estaria entre os 35 e os 50. Acima disso, o equipamento fica lento e a segurança e a qualidade se ressentem. Por cada repetidora, são necessários vários equipamentos e para cada ponto novo são necessários 2 rádios só para o link. Depois de achar antenas (de preferência direcionais), considere onde colocar o provedor para garantir o melhor serviço aos clientes. As distâncias dos materiais são muito importantes para garantir uma banda mais larga de distribuição.

O último passo é considerar o lucro que ficará para seus serviços. Ao oferecer 265Kbps, a estação receberá 265Kbps por dia, a toda a hora. Se as empresas utilizam mais a internet, cobre mensalidades mais elevadas.

Internet Da Net

April 6th, 2012

Uma das empresas de referência ao nível da internet no Brasil é a Net. Esta empresa, criada no ano de 1991, define-se como uma empresa moderna e alerta das oportunidades de negócio que lhe permitam crescer de forma segura e sustentada. E é exatamente isso que tem acontecido já que cerca de metade do negócio de TV por assinatura no Brasil e está a expandir seu negócio de internet de Banda Larga e de Telefonia Fixa. São mais de 100 cidades que estão cobertas pela Net em todo o país tornando-a na maior empresa de multisserviços via cabo da América Latina. Ao todo são mais de 15 mil colaboradores diretos e outros tantos indiretos.

Naturalmente que a internet da Net é o maior destaque da empresa e é essa que mais tem crescido ao longo dos anos. Atualmente, a sua oferta de internet vai desde a opção Internet Popular até 1 Mega, 10 Megas, 20 Megas e 100 Megas. Os preços por estes serviços começam nos R$ 29,80 chegando aos R$ 399,90. O que o cliente tem a fazer é simplesmente definir qual o tipo de serviço que mais se adequa às suas necessidades e garantir que o serviço da Net está disponível em sua casa. No site poderá informar-se acerca da disponibilidade de ter o serviço Net na sua habitação.

Se pretender instalar o serviço na sua empresa, saiba que pode contar com serviços especiais mais básicos e mais completos com melhores velocidades e outras ofertas como o Wi-Fi. Também na Net Empresas encontrará planos mais económicos que são mais indicados para pequenas empresas e outros completos para empresas maiores. Pode contar com estabilidades de conexões e facilidades em instalações. Os técnicos são altamente qualificados e experientes na instalação de ligações de internet em locais onde a facilidade em aceder à Net é mais limitada.

Melhor Provedor de Internet

January 25th, 2012

Um provedor de internet é a empresa que presta o serviço, podendo fornecer também serviços como notícias e entretenimento. Existem diversos provedores de internet.

No que respeita à velocidade de conexão, quem fornece o IP é a empresa de banda larga. Contudo, os provedores de internet não garantem todos a mesma velocidade de banda larga e os preços de adesão são variáveis. Já mais do que um Ministério Público Federal questionou a exigência de provedor para acesso à internet.

O Ministério Público de mais do que um Estado brasileiro considera que os consumidores são vítimas de venda casada podendo, por isso, pagar valores indevidamente. Esta prática é ilegal de acordo com o Código de Defesa do Consumidor e coloca restrições à livre concorrência.

O Ministério Público considera que a exigência de um provedor de internet é tecnicamente dispensável. O provedor não é necessário para que o utilizador aceda à internet. A prestação do serviço técnico de conexão à rede de computadores é da responsabilidade da empresa de telecomunicações, que é obrigada a prestar esse serviço. Esta ligação à internet inclui a disponibilização dos protocolos de internet (IP), a autenticação e a autorização dos utilizadores.

Se o utilizador pretender um serviço adicional, como por exemplo notícias através de jornais ou revistas online, poderá procurar uma empresa prestadora desses serviços, pagando um preço.

Em conclusão, dado que não é necessário um provedor para ter acesso à internet, a escolha do melhor provedor de internet dependerá dos serviços a que o utilizador pretenda aceder. Cada utilizador deverá, pois, escolher aquele que melhor satisfaça as suas necessidades e interesses. Assim, para fazer uma escolha adequada deverão ser comparados os serviços, os preços e os prazos associados.

Velocidade Internet

July 13th, 2011

Atualmente a internet está presente e poder ser acessada de qualquer município brasileiro, mas a história nem sempre foi assim. No início, a internet era controlada pelo governo e por meio da Embratel, que só liberava conexões para bancos e grandes empresas, além do próprio governo. Com o surgimento dos provedores de acesso, a conexão se popularizou e foi liberada para todas as pessoas.

Nesta época, eram utilizados modems para se realizar uma conexão com qualquer outro computador. Mesmo antes da internet, para se conectar a BBSs, Telnet, IRCs, e outros serviços, o modem era o único aparelho capaz de realizar estas conexões. Funcionava basicamente como uma ligação de telefone normal, mas ao invés de voz, dados eram enviados e recebidos, e  a velocidade máxima da conexão era de 14400bps, o que para os padrões de hora é praticamente inacetiável.

Os modems foram evoluindo, assim como a infra-estrutura das redes telefônicas e a velocidade começou a crescer. Depois disso, o acesso passou também a ser oferecido por meios de outros tipos de conexão, como por rede de cabos de TV e também a rádio. Isto também permitiu um aumento maior no fluxo de dados na rede.

Atualmente a velocidade oferecida aos consumidores é muito maior que naquela época. Temos ainda algumas empresas que oferecem a conexão por meio de fibra ótica, o que propicia uma velocidade muito maior que qualquer outro tipo, chegando a 100Mbps, infinitamente maior que a dos modems antigos, por exemplo.

Embratel

July 8th, 2011

Antes de a internet surgir como conhecemos hoje, com todas interfaces visuais de interação com o usuário, ela era utilizada somente por grandes empresas e por órgão vinculados aos governos federais. No Brasil não foi diferente. Quando a World Wide Web ficou conhecida, ela chegou a país devagar, aos poucos, com acesso controlado pelo governo, que oferecia conexão à grandes empresas, em geral do ramo financeiro ou de comunicação.

Jornais, agências de notícias, bancos, agências de informações financeiras, bolsas de valores e outras necessitavam desta conexão para poderem trabalhar e oferecer seus serviços com mais precisão e rapidez. Assim, a conexão com a internet começou a ser oferecida, no Brasil, pela Embratel, que é a Empresa Brasileira de Telecomunicações, órgão ligado ao governo federal.

Naquela época não existia banda-larga, ou broadband, então toda conexão era realizada por meio de ligações telefônicas, intermediadas por modems, que tratavam de codificar e decodificar sinais. A empresa oferecia um número de telefone de acesso que não contava pulsos, uma espécie de 0800, e também uma nome de usuário e uma senha, para que a empresa realizasse a autenticação no sistema.

Atualmente temos no mercado muitas empresas que oferecem diversos tipos de serviço com diferentes tipos de conexão, por rádio, fibra ótica, telefonia de conexão rápida, cabos de TV, enfim, sistemas que oferecem maior velocidade de navegação a um custo mais baixo. As conexões por modems discados, como os que conhecíamos no início, só existem hoje em lugares distantes de grandes centros, geralmente pequenas cidades muito afastadas.

Provedor Wireless

January 13th, 2009

Quando a internet começou a se tornar uma verdadeira febre a nível mundial, muitas pessoas já apontavam que cedo ou tarde haveria a necessidade de transformar esse acesso menos exclusivo, pois até então era o tipo de recurso que apenas pessoas que possuíssem uma boa condição financeira poderiam usufruir. A partir de então a tecnologia começou a se dedicar ainda mais em sua auto evolução e em pouco tempo pudemos contar com uma tecnologia chamada de wireless, que, apesar de utilizar um provedor, é a melhor versão de conexão até então conhecida mundialmente.

De lá para cá, os especialistas em tecnologia passaram a se dedicar em configurar diversos sistemas de acesso wireless, chegando ao ponto de hoje já ser possível encontrar algo que é chamado como kit, que ensina à pessoa a como montar seu próprio provedor de acesso. Estes exemplares podem ser encontrados em muitos sites de venda na internet, principalmente naqueles que são de leilão de objetos, o que pode ser um indício do crescimento deste setor perante o seu público consumidor. E com isso sempre acaba ocorrendo alguns erros por parte de uma má instalação feita pelo indivíduo, que por sua vez acaba culpando o produto e não a si próprio.

Existe também algumas variações daquilo que comumente se entende como um provedor de internet e que também provê serviços de wireless. É o caso dos provedores via rádio, que utilizam as ondas sonoras enviadas pelas estações e através de seus radares para igualmente enviar as ondas necessárias para realizar a conexão, o que de alguma forma ajuda a poupar espaço físico, seja na casa do cliente, seja na própria cidade.

Banda Larga Internet

December 31st, 2008

Quando a Microsoft exibiu ao mundo seus primeiros exemplares de computador, as pessoas ainda não tinham idéia do poder que estas máquinas iriam possuir na vida das pessoas no dia a dia. Com o passar dos anos esta importância se tornou cada vez maior devido aos avanços da internet, que deixou de ser um sistema que necessitava de conexão utilizando pulso telefônico e passou a ser utilizada através de banda larga, um sistema que passou a popularizar a utilização desse sistema e ao mesmo tempo conseguiu unir distâncias no mundo inteiro, até mesmo nas menores e mais remotas cidades de nosso planeta.

Hoje em dia o mercado da internet se tornou bastante competitivo em território brasileiro, principalmente após o crescimento do número de empresas que passaram a oferecer os serviços de banda larga à casa do cidadão. Antigamente a maior parte desses serviços eram oferecidos por grandes provedores de sites na rede mundial de computadores, de modo que a pessoa que desejasse possuir uma conexão em sua residência ou em seu escritório teria que pagar não só os muitos pulsos telefônicos que uma conexão pedia, mas também um cara mensalidade aos provedores escolhidos.

De lá para cá os serviços de banda larga para a internet cresceram de forma significativa no Brasil, impulsionados pela abertura desse setor para empresas que quisessem investir. Assim sendo, nos dias de hoje é possível até mesmo escolher um provedor que ofereça este tipo de serviço gratuitamente, ou simplesmente optar por uma empresa que lhe ofereça um bom pacote com diversos tipos de serviços que possam atender a todas as suas necessidades de uma vez só, o que também é vantagem.

Provedor Internet Banda Larga

March 1st, 2008

Antigamente um dos maiores sonhos de consumo das pessoas era contratar os serviços de algum provedor de internet para tornar suas vidas mais ágeis e modernas nos novos tempos que estavam por vir com o fim do século. Uma vez que a virada do milênio passou, vieram mais novidades, dentre elas, a internet de banda larga.

No atual mercado de internet no Brasil, são muitos os provedores que oferecem banda larga como seu produto de maior chamariz. Em geral, este serviço vem combinado com outros, tais como telefonia fixa, telefonia móvel, assinatura de televisão via satélite, etc. As principais empresas que dominam o atual mercado desse serviço são justamente as principais companhias telefônicas do país, a maioria empresas estrangeiras que entraram no Brasil há cerca de dez anos atrás.

Os principais provedores da banda larga atualmente em atividade no mercado brasileiro são a UOL (Universo Online), a Speedy (que oferece outros tipos de serviço também), a Terra e a IG, estes dois últimos mais popularmente conhecidos, sendo o último especificamente um provedor grátis. A principal via pela qual a internet chega ao seu destino final por este método é através do uso de cabos, permitindo uma conexão vinte e quatro horas por dia completamente independente do uso de qualquer linha telefônica.

A principal vantagem de se contratar os serviços de um provedor de banda larga é a possibilidade de ficar conectado o dia inteiro sem haver a necessidade de se preocupar com os pulsos telefônicos, já que é um serviço independente da linha. Com mais liberdade, conseqüentemente o brasileiro passou a ficar mais tempo conectado por dia.

Os Principais Provedores De Internet

January 1st, 2008

Desde quando a Internet começou a ganhar espaço no Brasil – há cerca de vinte anos atrás, no final do século vinte – houve a necessidade de se contratar os serviços de um provedor que pudesse vincular os serviços da internet ao computador do cliente. Com o tempo, começaram a se destacar os principais provedores deste mercado.

Na hora de pedir a opinião de um cliente, a maioria tem uma meia dúzia de nomes na mente sobre quais seriam os principais provedores de internet. Dos mais conhecidos, encontram-se a UOL (Universo Online), Globo.com, Terra, Bol (Brasil Online), Aol (América Online), entre outros. Estes são os principais exemplos em geral utilizados pela classe média e classe média alta, justamente por serem serviços pagos que em geral vêm vinculados com algum outro tipo de serviço: telefone fixo, televisão a cabo, etc.

Outros provedores de internet que são referenciados como principais pela maioria da população brasileira são aqueles que são oferecidos gratuitamente, mas que nem por isso tem um serviço pior em comparação com os outros ou seja de qualidade inferior tanto a conexão quanto a utilização. Dentre os nomes mais citados, encontram-se o Ig, o Pop, Ibest, Br Turbo, Click 21, entre outros. Estes exemplos são, em sua maioria, serviços oferecidos pelas companhias telefônicas locais da região pesquisada.

Interessar-se sobre quais são os principais provedores de internet pode ser uma boa pesquisa, mas na hora de contratar um serviço, interessa mais que a qualidade e o preço pedido pela empresa condigam com suas necessidades.